Joel Camara Sampaio de Arruda Camara, Advogado

Joel Camara Sampaio de Arruda Camara

Brasília (DF)
7seguidores7seguindo
Entrar em contato

Principais áreas de atuação

Direitos Humanos, 50%

Direitos e liberdades básicos de todos os seres humanos. : a) direitos civis e políticos; b) dire...

Direito Administrativo, 50%

É um ramo autônomo do direito público interno que se concentra no estudo da Administração Pública...

Comentários

(66)
Joel Camara Sampaio de Arruda Camara, Advogado
Joel Camara Sampaio de Arruda Camara
Comentário · há 5 meses
Quanta imbecilidade, entre aqueles que defendem e, também, os que condenam o comunismo.
Quem defendeu pela primeira vez o comunismo foram os Essênios, cujo líder começou a estudar o assunto com doze anos, quando seus pais, José e Maria o deixaram ali internos. E quando tinha 31 anos saiu pela Palestina a pregar o comunismo , conforme está registrado no livro da Atos dos Apóstolos, no capítulo 4, versículos 32 segundo o qual:
“Da multidão dos que creram eram um o coração e a alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuíam; tudo porém lhes eram comum”.
Logo, uma comunidade em que tudo lhes é comum se chama COMUNISMO.

O líder comunista assumiu uma atitude subversiva ao encenar a profecia que falava da chegada triunfal de um “rei dos judeus” que viria “para libertar Israel. como o Messias profetizado.
E o povão, que não queria, como ainda não quer, perder o direito de propriedade privada, preferiu defender a liberdade do ladrão Barrabás em vez de defender quem se dizia “Rei de Israel”

E o comunista foi crucificado e hoje o tempo é contado antes e depois dele.

Porém, nem Marx, nem Lenine, nem Stalin, nem Mao Tsé Tung acreditaram no comunismo, mas o usou, apenas, como marketing político. Depois de cem anos a Rússia comemorou o socialismo.

Mas assim como Deus matou toda a humanidade, afogada, criança ainda no ventre da mãe, durante o Dilúvio e o líder da 1ª (e única) comunidade comunista matava, sem direito à defesa quem transgredisse suas convenções, como foi feito com Ananias e Safira (Atos capítulo 5), Stalin e Mao fizeram a mesma coisa. Executaram seus adversários sem dó e sem piedade.
Mas fizerem de suas pobres nações superpotências.
Lembramos que Napoleão Bonaparte, ao conhecer a cultura do povo chinês, profetizou:
"No dia em que a China rugir, o mundo todo vai tremer" - como ocorre hoje.

Perfis que segue

(7)
Carregando

Seguidores

(7)
Carregando

Tópicos de interesse

(15)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Brasília (DF)

Carregando

Joel Camara Sampaio de Arruda Camara

Entrar em contato